Anedotas

 

 

Toda a gente gosta de anedotas. Nós também!!

Procuramos recolher aqui algumas das que consideramos mais engraçadas.

Gostaríamos de enfatizar que

Todas as referências a ETNIAS, CREDOS, NACIONALIDADES ou quaisquer outros grupos, minoritários ou não, têm por objectivo a reprodução da anedota, tal e qual o original, com o fim a que, em princípio, se destina - o puro divertimento - e não possui, neste espaço, qualquer carácter RACISTA, XENÓFOBO, ou de qualquer outra forma desrespeitoso para o grupo visado.
Assim, todas as anedotas estão reproduzidas como são contadas na sociedade em geral e não representam, em aspecto algum, a ideologia dos donos do site.

 

Dito isto, leiam e divirtam-se!!

 

O condenado esperava a hora da execução, quando chegou o padre:

- Meu filho, vim trazer -lhe a palavra de Deus.

- Perda de tempo, sr. padre. Daqui a pouco vou falar com Ele pessoalmente. Algum recado?



Madre Teresa chega ao Céu.

-Tendes fome? - Pergunta Deus.

Madre Teresa acena afirmativamente com a cabeça. Deus prepara para cada um uma sandes de atum em pão de centeio. Entretanto, a virtuosa mulher olha lá para baixo e vê os glutões no Inferno a devorarem bifes, lagostas e vinho.
No dia seguinte, Deus convida-a para outra refeição. Mais uma vez, é pão de centeio com atum. Mais uma vez, ela vê os do Inferno a regalarem-se com um banquete.
No dia a seguir, ao ser aberta mais uma lata de atum, Madre Teresa diz, humildemente:

- Senhor, estou grata por me encontrar aqui Convosco como recompensa pela vida devotada que levei. Mas não compreendo: só comemos pão com atum, enquanto do outro lado comem como reis.

-Sejamos realistas - diz Deus com um suspiro
- Vale a pena cozinhar para duas pessoas ?



A freira vai ao médico:

- Doutor, tenho tido um ataque de soluços, que não me deixa viver. Não durmo, não como, e dói-me o corpo de tantos movimentos compulsivos involuntários.

- Tenha calma, irmã, que vou examiná-la. Ele examina-a e diz:

- Irmã, a senhora está grávida.

A freira levanta-se e sai a correr do consultório, com cara de pânico.
Uma hora depois o médico recebe uma chamada da madre superiora do convento:

-Doutor, o que é que o senhor disse à irmã Carmen?

- Cara madre superiora, como ela tinha uma forte crise de soluços, eu disse que ela estava grávida. Espero que, com o susto, ela tenha parado de soluçar!

- Sim, a irmã Carmen parou de soluçar, mas o padre Paulo atirou-se da torre da igreja!!!



Um casalinho seguia no seu automóvel para a igreja onde iam casar quando são abalroados por um camião e morrem ambos.
Vão para o céu onde são recebidos por S.Pedro a quem perguntam se não seria possível casarem no céu já que não o tinham feito na terra. S.Pedro disse que sim e que trataria pessoalmente de satisfazer tão nobre pedido.
Passaram 3 meses e nada! Foram ter com S.Pedro e perguntaram-lhe o que se passava, ao que ele respondeu:

- Não se preocupem, pois eu estou a tratar do assunto, não está esquecido.

Passaram-se 2 anos e casamento, nicles! S.Pedro, uma vez mais, assegurou-lhes que estava a tratar do assunto. Finalmente, passados 20 anos, vem S.Pedro a correr com um padre e dirige-se ao casalinho:

- Vamos, chegou a hora!

Fez-se o casamento e foram felizes durante algum tempo, mas passados uns meses foram ter com S.Pedro e disseram-lhe que as coisas não estavam muito bem e que pretendiam divorciar-se.

- Pode conseguir-nos isso aqui no céu?

E S.Pedro responde:

- Estão a brincar comigo ou quê? Levei 20 anos a encontrar um padre aqui. Como é que vou agora encontrar um advogado?



À porta do céu, um tipo furioso protestava perante o S.Pedro.

- Meu bom santo, o que fiz eu para estar aqui? Tenho 35 anos, estou em plena forma física, não bebo, não fumo, faço uma vida de acordo com as regras dos bons costumes, e agora estou aqui! Certamente houve um engano!

O S.Pedro responde:

- Bom, não é usual nós cometermos erros, mas enfim, vou verificar! Como te chamas?

- Vicente, João Diogo.

- Sim... Profissão?

- Mecânico!

- Ok, cá está a tua ficha. João Diogo Vicente, Mecânico! Tu morreste de velhice!

- De velhice ?! Mas não é possível, eu tenho somente 35 anos...

- Isso eu não sei, mas fazendo as contas a todas as horas de mão-de-obra que facturaste aos clientes, isso perfaz 123 anos!



- Muito bem, pessoal! - gritou S.Pedro - vamos organizar isto em duas filas.
Vocês, homens que sempre dominaram as mulheres, façam fila do lado esquerdo e os homens que sempre foram dominados pelas suas mulheres façam fila à direita.

Depois de muita confusão, finalmente os homens estão em fila. A fila dos homens dominados pelas suas mulheres tem mais de 100 quilómetros. A fila dos homens que dominavam as suas mulheres tem apenas um fulano. S.Pedro exclamou:

- Vocês deveriam ter vergonha! Deus criou-vos à Sua imagem e semelhança e vocês deixaram-se dominar pelas vossas mulheres. Apenas um de vocês honrou o nome e deixou Deus orgulhoso da Sua criação. Aprendam com ele!

Então, virando-se para o homem solitário, S.Pedro diz:

-Conte a esses homens como fez para ser o único nesta fila!

E o homem timidamente respondeu:

- Eu não sei, foi a minha mulher que me mandou ficar aqui...



Houve uma inundação. Um homem subiu para cima do telhado. Quando a água estava já pelos pés veio um homem num barco a remos a salvar as pessoas em perigo:

- Venha. Que a inundação ainda vai subir mais!

- Não - responde o homem de cima do telhado - Eu confio em Deus e Deus vai salvar-me!

O homem do barco tinha mais pessoas para salvar e teve de ir-se embora. Passado um bocado já o homem estava com água pela cintura veio outro num barco a motor:

- Venha. Que a inundação ainda vai subir mais e o senhor morre afogado!

- Não - responde o homem de cima do telhado - Eu confio em Deus e Deus vai salvar-me!

Bem, o homem do barco tinha mais pessoas a salvar e teve de ir. A água continuou a subir e quando já estava pelo pescoço apareceu um helicóptero:

- Que bom que o vi! Venha que senão morre afogado!

- Não - responde o homem de cima do telhado - Eu confio em Deus e Deus vai salvar-me!

O helicóptero lá teve de ir embora. A água subiu e o homem afogou-se.
Agora a cena muda para o Céu. Diz o afogado para Deus:

- Meu Deus! Então eu confiava em ti e deixaste-me afogar!

Responde Deus:

- EU?!?! Eu mandei dois barcos e um helicóptero...



Ia uma Freira a caminho do convento quando uma flamante loira lhe ofereceu boleia. A Freira entra no carro e começa a reparar no seu luxuoso interior:

- Mas que belo carro a Senhora tem! Deve ter trabalhado muito arduamente para o conseguir comprar.

- Olhe Irmã, por acaso não foi bem assim. Foi um industrial com quem dormi durante uns tempos que me ofereceu.

Entretanto, a Freira olha para o banco de trás onde estava pousado um luzidio casaco de vison e exclama:

- Oh! O seu casaco de peles é lindo! Deve ter custado uma fortuna.

- Não me custou muito pois bastou-me passar umas quantas noites com um futebolista.

Após ouvir isto, a Freira manteve-se calada durante o resto da viagem.
Ao chegar ao convento foi para os seus aposentos tomar um revigorante banho. Estava a Freira no banheira quando ouve alguém a bater à porta do seu quarto.

- Quem é?

- É o Padre Afonso.

- Sabes uma coisa? Vai-te foder tu mais os teus rebuçados de mentol!!!



 

Home