Anedotas

 

 

Toda a gente gosta de anedotas. Nós também!!

Procuramos recolher aqui algumas das que consideramos mais engraçadas.

Gostaríamos de enfatizar que

Todas as referências a ETNIAS, CREDOS, NACIONALIDADES ou quaisquer outros grupos, minoritários ou não, têm por objectivo a reprodução da anedota, tal e qual o original, com o fim a que, em princípio, se destina - o puro divertimento - e não possui, neste espaço, qualquer carácter RACISTA, XENÓFOBO, ou de qualquer outra forma desrespeitoso para o grupo visado.
Assim, todas as anedotas estão reproduzidas como são contadas na sociedade em geral e não representam, em aspecto algum, a ideologia dos donos do site.

 

Dito isto, leiam e divirtam-se!!

 

Uma loira foi buscar o filho de uma amiga à escola.
- Olá, tá bom? Então, como é que foram as aulas hoje?
- Foi bom. Hoje aprendemos álgebra.
- Ai que máximo, que fofo! E como é que se diz "bom dia" em álgebra?



A loira boazona estava para se suicidar, ia deitar-se ao rio Tejo, no cais do Ginjal, quando apareceu um marinheiro.

- Vou-me suicidar, a minha vida é uma treta...

- Não!!!! Olha... o meu navio está de partida para a América, porque é que tu não vens comigo, e depois pensas o que fazer. Se ao lá chegares ainda quiseres suicidar-te... pelo menos conheceste a América. A loira achou a proposta razoável e seguiu com ele para um bote salva-vidas onde ela viajaria clandestina. O marinheiro ficou de trazer comida e água, todas as noites, para ela. E assim foi durante 2 semanas; ele trazia comida, água e aproveitava dava-lhe uma queca.
Comida, água e queca...
Até que um dia, um Capitão, juntamente com um grupo de inspectores, foi fazer uma inspecção nos botes e descobriram a loira. Ela, sem outra saída, resolveu contar a verdade.

- Olha, eu estou aqui seguindo para a América, porque um marinheiro me trouxe. Todas as noites ele traz-me comida, água e dá-me uma queca e vai ser assim até chegar à América... Ainda falta muito???

- Não sei, minha senhora, este é o Cacilheiro que faz a travessia Cacilhas-Terreiro do Paço.



Uma excursão de loiras e morenas...
Na parte de baixo de um autocarro de 2 andares, vão as morenas, na galhofa.
Na parte de cima, as loiras, muito caladinhas. As morenas estranham e uma sobe ao andar de cima. Vê as loiras com um ar muito assustado e agarradas às cadeiras!
Pergunta:

- O que se passa? Lá em baixo vamos todas divertidas!

Responde uma loira:

- Pois... mas lá em baixo vocês têm motorista...



 

Home