Anedotas

 

 

Toda a gente gosta de anedotas. Nós também!!

Procuramos recolher aqui algumas das que consideramos mais engraçadas.

Gostaríamos de enfatizar que

Todas as referências a ETNIAS, CREDOS, NACIONALIDADES ou quaisquer outros grupos, minoritários ou não, têm por objectivo a reprodução da anedota, tal e qual o original, com o fim a que, em princípio, se destina - o puro divertimento - e não possui, neste espaço, qualquer carácter RACISTA, XENÓFOBO, ou de qualquer outra forma desrespeitoso para o grupo visado.
Assim, todas as anedotas estão reproduzidas como são contadas na sociedade em geral e não representam, em aspecto algum, a ideologia dos donos do site.

 

Dito isto, leiam e divirtam-se!!

 

Tinha acabado de chegar ao Alentejo uma excursão de espanhóis. Ao verem um alentejano, o guia diz para os passageiros:
- Ahora me voy a pelear con ese portugues...
E vai ter com o alentejano:
- Hola! Como te llamas?
- António...
- Yo tambien me llamo Antonio! Qual es tu profession?
- Sou músico...
- Yo tambiem soy musico... E que tocas?
- Toco trompete, e tu?
- Yo tambiem toco trompete. Mira, una vez fue a la Fiesta de Nuestra Señora e toqué tan bien, que la Señora desció del andor e empezó a llorar a mis piés.
Acrescenta o alentejano:
- Pois olha, eu fui uma vez à Festa do Senhor dos Passos e toquei tão bem que o Senhor largou a cruz, agarrou-se a mim e disse-me:
-À gand'António, tu sim tocas, não é como aquele cabrão daquele espanhol, que fez chorar a minha mãe!



 

Home